#FicaADica A Seleção de Kiera Cass

Sinopse do primeiro livro:

Para trinta e cinco garotas, a “Seleção” é a chance de uma vida. Num futuro em que os Estados Unidos deram lugar ao Estado Americano da China, e mais recentemente a Illéa, um país jovem com uma sociedade dividida em castas, a competição que reúne moças entre dezesseis e vinte anos de todas as partes para decidir quem se casará com o príncipe é a oportunidade de escapar de uma realidade imposta a elas ainda no berço. É a chance de ser alçada de um mundo de possibilidades reduzidas para um mundo de vestidos deslumbrantes e joias valiosas. De morar em um palácio, conquistar o coração do belo príncipe Maxon e um dia ser a rainha. Para America Singer, no entanto, uma artista da casta Cinco, estar entre as Selecionadas é um pesadelo. Significa deixar para trás Aspen, o rapaz que realmente ama e que está uma casta abaixo dela. Significa abandonar sua família e seu lar para entrar em uma disputa ferrenha por uma coroa que ela não quer. E viver em um palácio sob a ameaça constante de ataques rebeldes. Então America conhece pessoalmente o príncipe. Bondoso, educado, engraçado e muito, muito charmoso, Maxon não é nada do que se poderia esperar. Eles formam uma aliança, e, aos poucos, America começa a refletir sobre tudo o que tinha planejado para si mesma — e percebe que a vida com que sempre sonhou talvez não seja nada comparada ao futuro que ela nunca tinha ousado imaginar.

Ai, ai, ai. Esse ano lançou o último livro dessa trilogia maravilhosa. Claro, não é perfeita, na verdade é recheada de defeitos, mas que nos vicia e nos deixa suspirando com os momentos Maxerica (Maxon e America).

gif que foofis louise

Bom, vamos falar sobre o primeiro livro: basicamente é America na Seleção, triste por Aspen e chutando o príncipe Maxon (cena épica hahaha). Todo o livro é muito viciante e você não consegue largar, e aquele final que não definiu praticamente nada só te deixa mais ansiosa para A Elite.

Em A Elite continuamos com o mesmo lenga-lenga, só que nós descobrimos um pouco sobre o passado de Illéa e os ataques rebeldes ficam mais fortes, além de que uma coisa muito horrível acontece com uma certa pessoa (tristee). E devo avisar: infelizmente America está muito irritante nesse livro.

Em A Escolha, último livro da trilogia, a America está mais decidida e já sabe por quem vai lutar, além que descobrimos sobre os rebeldes e ocorrem muitas mortes. Muitas pessoas reclamaram desse livro, e não posso dizer que estavam erradas nos pontos fracos que abordaram, mas eu gostei tanto desse livro que praticamente me esqueci dessas falhas. As únicas coisas que não consegui relevar com tanta facilidade foram: o aparecimento e desaparecimento de uma certa personagem introduzida do nada (eu me pergunto, Paige, para quê você serviu?) e como as cenas de ação aconteceram tão rápidas que praticamente foram vomitadas. Tirando isso eu amei muito esse livro, principalmente porque a America estava incrível nele (na minha opinião) e também porque ele me causou todo o combo de emoções necessárias: raiva, alegria, tristeza e etc. Ah e, devo dizer, Celeste se tornou uma das minhas personagens favoritas (mas não vou falar mais nada se não fico triste).

Em resumo, eu super recomendo essa série para vocês. Só que apenas se quiserem ler um romance emocionante, porque a parte distópica do livro não é muito abordada.

P.S.: Sabiam que ia ter uma série de TV? Fizeram dois piloto mas, infelizmente, nenhum foi aceito :/

Kissus

Sky

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s